Raquel Montero

Raquel Montero

terça-feira, 16 de abril de 2013

Como vota o vereador Samuel Zanferdini





Veja em alguns exemplos como vota o vereador Samuel Zanferdini (PMDB);

- votou a favor do aumento do número de vereadores, de 20 para 27 e depois de 20 para 22;

- se manifestou contrário à instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), para apurar suposta fraude no esquema de sorteio de casas da Companhia Habitacional de Ribeirão Preto (COHAB);

- estava presente na sessão mas não votou sobre o projeto para instalar uma Comissão Especial de Estudos (CEE) sobre a COHAB. Entre votar “sim” e “não” o vereador simplesmente não votou;

- foi relator da CPI da COHAB, e no relatório concluiu que não houve crime por parte da Prefeita Dárcy Vera no suposto esquema de fraude no sorteio de casas da COHAB;

- foi membro da CPI da COHAB, CPI que deixou de praticar providências importantes para apuração das denúncias sobre suposta fraude no sorteio de casas da COHAB, tais como determinar a quebra do sigilo de dados telefônicos, ouvir pessoas apontadas por vereadores, fazer acareações, recorrer de decisão judicial que negou quebra de sigilo bancário;

- estava presente na sessão que votou e decidiu por aumentar o subsídios dos vereadores e das vereadoras em 39,8%, mas não votou. Entre votar “sim” e “não”, o vereador simplesmente não votou;

- votou contra o projeto de lei denominado "IPTU Ecológico", que estabelecia descontos no valor do IPTU para contribuintes que adotassem práticas sustentáveis em seu imóvel;

- votou contra uma CEE para analisar a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Ribeirão Preto (CODERP);

- nas duas sessões em que o projeto de lei para o revogar o IPTU estava na pauta, ele não estava presente;

- não foi a favor de uma CEE para o Departamento de Água e Esgoto de Ribeirão Preto (DAERP);

- votou a favor de conceder título de cidadania para Ivan Sartori, pessoa denunciada à Corte Interamericana de Direitos Humanos sob acusações de ter desrespeitado a lei e direitos humanos;

- votou contra o projeto de lei que estabelecia a transparência e publicidade dos gastos com campanha publicitária contratadas pela Prefeitura.

O voto dos vereadores diz muito sobre o caráter e a atuação deles. Cuidado. Analise atentamente o comportamento dos vereadores e das vereadoras. Verifique se a campanha, as promessas e os discursos estão coerentes com os atos do parlamentar. O voto dos parlamentares esclarece se eles estão do lado do povo ou de interesses espúrios. Faça você, eleitor e eleitora, com que seu voto seja dado sempre a quem está do lado do povo. Não compactue com interesses espúrios.

Raquel Bencsik Montero

6 comentários:

  1. já era hora de alguém fazer essa matéria.
    excelente texto!
    parabéns!

    ResponderExcluir
  2. muito bom Raquel...Que tal um resumo deste com os outros vereadores??

    ResponderExcluir
  3. Poderia pegar cada um dos vereadores e fazer um post. Já imaginou o como vota Cícero, Maurílio, Viviane, Giló....

    ResponderExcluir
  4. Boa iniciativa, Raquel. Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. E voces esperavam que , de um cara que defende a mafia do Chaim do Coc, e a mafia do Wagner Rossi?
    CHUPAAAAA POVOOOOO

    ResponderExcluir
  6. É Raquel. Medíocre a nossa Câmara...

    ResponderExcluir